segunda-feira, 13 de maio de 2013

Todos meus versos de amor Que faço são pra você

Todos meus versos de amor
Que faço são pra você
Mas eu não sei o porquê
Nos escondermos da flor
Se até mesmo o beija-flor
Já sabe onde você mora
Desse amor que não tem hora
De vez em quando perfuma
Mas outra flor se enciúma
Parece até que ela chora

Quando me falta o versejo
Me foge a inspiração
Lembro a nossa perfeição
Declamo pro teu desejo
Lembro do gosto do beijo
Desse abraço que extasia
De você, minha alegria
Embora haja um problema
Que quando falta um poema
Te declAMO em poesia

Ana Clara Souza
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...