quarta-feira, 15 de maio de 2013

Tem nesse entroncamento Choro, perdão e saudade

Chegamos na encruzilhada
Do nosso caso recente
E do que houve entre a gente
Hoje não resta mais nada
Fiquei na beira da estrada
Meu cheiro, minha vontade
E me perdi na metade
Das vias do esquecimento
Tem nesse entroncamento
Choro, perdão e saudade

Pedro Torres
Mote: Silvano Lyra
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...