sexta-feira, 24 de maio de 2013

Que pouco pra mim é nada E tudo pra mim é pouco.

Sou intenso e não me nego
Sou forte quando me entrego
Sou tudo quanto carrego
Nesse meu coração louco
sigo assim minha jornada
Sem temor da caminhada
Que pouco pra mim é nada
E tudo pra mim é pouco.

Pedro Torres
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...