quinta-feira, 23 de maio de 2013

Nossas flores sonhadas estão mortas Num jardim de esperanças sem espinhos.

Se o passado voltasse, certamente
Não voltava somente a parte boa
Mas, gostar desse tanto da pessoa
Faz ficar tudo muito diferente
Voltariam as brigas entre a gente
Mas, também voltariam os carinhos
Deus escreve direito Seus caminhos
Muito embora Ele faça em linhas tortas
Nossas flores sonhadas estão mortas
Num jardim de esperanças sem espinhos.

Pedro Torres

Foram duas estradas tortuosas
Que eu trilhei, mas de forma sucessiva,
Uma história foi morta, e a outra viva
Vi morrer nas angústias duvidosas...
No entanto sugiram-me outras rosas
Com outras tantas promessas de carinhos,
Do que importa surgir mais cem caminhos?
Se o meu mundo era só de duas portas...
Nossas flores sonhadas estão mortas
Num jardim de esperança sem espinhos

Dudu Morais
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...