quinta-feira, 16 de maio de 2013

Negreja o vício sorrindo, Brilha a virtude chorando.

Nos obscuros porões
Da minha linda cidade
Crianças de pouca idade
Hoje se tornam ladrões.
Aprisionado aos grilhões
De viver drogas cheirando
Outro crime alimentando
E os corruptos assistindo
Negreja o vício sorrindo,
Brilha a virtude chorando.

Pedro Torres
Mote: Teodoro Nunes da Costa

2 comentários:

Direito à Réplica Poética...