quarta-feira, 15 de maio de 2013

Meu coração é um louco, Precisa do teu hospício.

Já provei das mil loucuras
De teus beijos sedutores
Do reluzir, dos primores
De teu olhar de brancuras
Bebi das doses mais puras
Lancei-me no precipício
Fiz de teu corpo meu vício
E achei tudo muito pouco
Meu coração é um louco, 
Precisa do teu hospício.

Ao percorrer teus abraços
Tornei-me um alienado
Meu coração disparado
Pelo calor dos teus braços
Caí nas garras dos laços
Dos beijos sem sacrifício
Me perdi desde o início
Pois me deixaste um oco
Meu coração é um louco, 
Precisa do teu hospício.

Pedro Torres
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...