terça-feira, 14 de maio de 2013

Hoje espero de novo aquela chama Percorrer todo íntimo do ser meu.

Dia 5, mês 10, ano passado
Me encantei com o olhar e com o riso
Do calor que tomou-me, e sem aviso
Fez meu peito bater descompassado
Dia 3, do mês 3, fez-se encantado
Pois, minh'alma na tua se aqueceu
Como alguém que jamais se esqueceu
Do calor de um abraço de quem ama
Hoje espero de novo aquela chama
Percorrer todo íntimo do ser meu.

Pedro Torres
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...