domingo, 26 de maio de 2013

Das estradas duvidosas Que o meu peito conheceu

Das estradas duvidosas
Que o meu peito conheceu
Uma delas tinha curvas
Onde um sonho meu viveu
E ainda causa-me assombros
Sem saber se já morreu..

Pedro Torres

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...