segunda-feira, 22 de abril de 2013

"Vou dar mais uma chance a esse amor Nem que eu seja frustrado novamente"

Todo dia a saudade me maltrata
Mas, às vezes eu sinto que exagera
Rasga a carne feroz como pantera
Deixa a alma sangrando, mas não mata.
Da represa dos olhos faz cascata
Na barragem do peito causa enchente
Que o perdão reaproximou a gente
Mas, distância insiste em causar dor
"Vou dar mais uma chance a esse amor
Nem que eu seja frustrado novamente"

Pedro Torres
Mote: Poeta Zé Adalberto Do Caroço Do Juá.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...