domingo, 21 de abril de 2013

Quando eu sinto a poesia Uma força se agiganta

Quando eu sinto a poesia
Uma força se agiganta
Quanto mais a dor me bate
Mais ainda ela me encanta
Traz muita felicidade
Mas, quando bate a saudade
Desata o nó da garganta!

Pedro Torres
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...