domingo, 14 de abril de 2013

Os garranchos da sua covardia Arranharam demais meu coração

Foram dias de inverno e de romance
Cada cena vivida teve encanto
No final dos carinhos restou pranto
Que uma "seca" acabou com nosso lance
De voltarmos às "flores" não tem chance
Primavera mudou-se de estação
Que uma andorinha só não faz verão
E tá longe demais da invernia
Os garranchos da sua covardia
Arranharam demais meu coração

Pedro Torres
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...