sábado, 13 de abril de 2013

Ninguém pode mandar no coração Que ele é dono do próprio sentimento

Procuramos na vida ser felizes
Como fosse uma meta a cumprir
Desligando-se às vezes do sentir
Do jardim onde o amor finca as raízes
E tentamos sanar as cicatrizes
Dos espinhos que causam ferimento
Mas, amor não escolhe bom momento
E há quem queira mandar, mas, é ilusão
Ninguém pode mandar no coração
Que ele é dono do próprio sentimento

Pedro Torres
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...