quarta-feira, 10 de abril de 2013

Não tive amores, sonhei-os Mas, possuí-los, não pude.

Depois de tanta Saudade
Ficou difícil esquecê-la
Toda luz da santa estrela
No céu da felicidade
Sentindo toda a vontade
Do calor da juventude
Sonhei com a plenitude
De minh'alma entre os seus seios
"Não tive amores sonhei-os
Mas, possuí-los não pude"

Um amor de eternidade
É coisa linda. eu suponho
Pois, que só vivi no sonho
Este amor de claridade
Sonhei vivendo a saudade
No colo da que me ilude
E acordei na concretude
Da inexistência dos meios
Não tive amores, sonhei-os
Mas, possuí-los, não pude.

Pedro Torres
Mote de Raimundo Asfora
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...