terça-feira, 2 de abril de 2013

Não há como fingir que nada sinto Quando sinto de tudo aqui no peito.

No mote do Poeta Vinícius Véras a eu tentei assim:

Já tentei disfarçar meu sentimento
Andei ruas fugindo do abandono
Passei noites em claro, sem ter sono
E escondi de mim mesmo o sofrimento...
Se sofri, se chorei, nada eu lamento
Mas vivi nesse amor insatisfeito
Vez em quando uma lágrima com defeito
Escorrega na face, o que eu não minto
Não há como fingir que nada sinto
Quando sinto de tudo aqui no peito.

Pedro Torres
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...