quarta-feira, 10 de abril de 2013

Ex-Saudades

Quem eu sou, quem és tu, quem somos nós?
Pra julgar o passado de ninguém
Esqueceste que cada ser também
Qualquer dia mais tarde fica à sós...

Com o Pai de nós todos, os Jacós?
Um terceiro na lista de um alguém
Que sequer te tratava por seu bem
E a perdeu por prazer sob os lençóis?

Numa cama manchada com saliva
E perfumes dos seres que cativa
Pra somente fazer suas vontades...

Pois, não meta o nariz sem ser chamado
Porque apenas pertences a um passado
E hoje sou quem padece de saudades

Pedro Torres
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...