terça-feira, 5 de março de 2013

Tão feliz eu seria se deixasses Mergulhar nesse mar da alma tua

Seu olhar cativante tem magia
É um brinde em taças cristalinas
Tens o brilho da luz nestas retinas
Declarando-se o amor em poesia
Como o sol que ilumina ao meio dia
Ou o brilho da noite em plena lua
Feito as ondas do mar quando recua
Teu olhar para mim como falasses
Tão feliz eu seria se deixasses
Mergulhar nesse mar da alma tua

Pedro Torres

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...