sexta-feira, 8 de março de 2013

Se a pior traição que pode haver É vivermos no amor pela metade.

Não podemos dizer exatamente
Quando tudo pra nós chegou ao fim
Nem sabemos sequer qual estopim
Detonou nossa história, no presente...
Dos escombros do que restou da gente,
Vez em quando ressurge uma saudade.
Nos traímos faltando com a verdade
Que é tolice tentarmos esquecer
E a pior traição que pode haver
É vivermos no amor pela metade.

Pedro Torres

Um comentário:

  1. Essa metade acaba se tornando pedacinhos de nós. Quando se vê já não há mais nada. Beijo!

    ResponderExcluir

Direito à Réplica Poética...