quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Porque distantes do canto Que os meus sonhos ficaram

Há um recanto de paz
Aonde que quero ficar
Que seja lá meu lugar
De onde não volte mais
Onde lembranças não trás
De dias que já passaram
Das flores que perfumaram
E hoje não perfumam tanto
Porque distantes do canto
Que os meus sonhos ficaram

Pedro Torres
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...