terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Pois, também, me chegou uma saudade Pra quebrar as vãs telhas do meu teto

Eu segui as mesmíssimas direções
Do Poeta Ronaldo Cunha Lima
Protegi as paredes lá de cima
Revesti de concreto as emoções
E assentado em pilastras de razões
Soergui um porão mais que secreto
Não deixei ficar nada à descoberto
O serviço, porém, foi só metade
Pois, também, me chegou uma saudade
Pra quebrar as vãs telhas do meu teto

Pedro Torres
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...