quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

É que o preço de um sorriso Só quem chorou sabe o custo

Trago o meu riso estampado
Nas linhas da minha face
Talvez seja só disfarce
Não diga do meu passado
Mas, eu já sofri calado
Fui ferido em um arbusto
Chorei muito achei injusto
E hoje eu prezo mais o riso
Porque o preço de um sorriso
Só quem chorou sabe o custo

Pedro Torres
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...