quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

O momento da paz

O momento da paz já é chegado
Não adianta tanta briga, pois,
Assim, não devíamos ter sonhado
Em construir um mundo pra nós dois

Deixemos essas brigas pra depois
Andemos sempre com a paz de lado
Entoando num beijo prolongado
Linda canção que o nosso amor compôs

Acabemos de vez com essas brigas
Hasteemos no campo das intrigas
A bandeira da paz que nos surgiu

Que sejas, minha vida e minha glória
E eu o compositor dessas história
Mais bela de amor que o mundo viu.

Ronaldo Cunha Lima
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...