domingo, 3 de fevereiro de 2013

Comi mais deixei o nome Na casca da melancia.

 Às tardes depois do bingo
No sítio do meu vizinho
Para fazer um 'lanchinho'
Eu ia todo santo domingo
E sem nenhum choramingo
Da fruta grande bem fria
Eu comia, comia, comia...
Comia pra matar a fome
Comi mais deixei o nome
Na casca da melancia.

Comi, mas, deixei gravado
O nome dele na casca...
Ô bicho besta, né lasca?!
Já deixar selecionado
O fruto melhor marcado
Até parece ironia
Pois a fruta mais macia
É a 'mesminha' que se some
Comi mais deixei o nome
Na casca da melancia.

Pedro Torres

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...