segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Solta o grito da garganta Das grutas do coração

Proseando com o Poeta Ismael Gaião saiu esse versinho:

O Poeta se agiganta
Quando lhe falta razão
Que mesmo preso ele canta
Pelas grades da prisão
Solta o grito da garganta
Das grutas do coração

Pedro Torres
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...