quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Quem nasceu pra voar e faz seu ninho Também sabe encontrar um novo galho

Inspirado numa música dos Nonatos eu fiz:

Vou furar uma latinha de cachaça
Na caneta da saudade traiçoeira
Botar fogo na lenha da lareira
Pra levar minhas dores na fumaça
Se mais tarde andando pela praça
Eu sentir o calor de um agasalho
Que me queime no frio desse orvalho
Vou arder com todo meu carinho
Quem nasceu pra voar e fazer ninho
Também sabe encontrar um novo galho

Pedro Torres

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...