domingo, 13 de janeiro de 2013

Passa tudo na vida, tudo passa, Mas nem tudo que passa a gente esquece

Mote de Das Neves Marinho

O primeiro olhar de um grande amor
Um abraço fiel e verdadeiro
E o sabor mais doce de um cheiro
Em um beijo que tarda com calor
Um segredo no peito, toda cor
Quando o frio do sol mais se aquece
Chega a noite e o dia adormece
Na fogueira que o tempo faz fumaça
Passa tudo na vida, tudo passa,
Mas nem tudo que passa a gente esquece

Pedro Torres

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...