quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Foi a flor pelo vento desfolhada

Coloquei teu retrato em um prego
Na parede, lembrando quem eu quis
Você hoje é quem pede pra ter bis
Mas, um bis que a mim mesmo eu me nego
Nosso abraço atado em um nó cego
Era 'eu e tu' e uma cama desforrada
Teu batom na camisa amassada
Pendurada na estante dessa cena
Que me lembra do dia que essa morena
Foi a flor pelo vento desfolhada

Pedro Torres
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...