sábado, 26 de janeiro de 2013

Destes plurais

E, se os poetas amassem
Da forma como queriam
Cada vez que se acordassem
Os sonhos seus dormiriam

Poetas sonham acordados
Vivendo em mundos de sonhos
Se não fossem assim amados,
Que seriam dos risonhos?

Estes 'experts' das lonjuras
Das distâncias, todas elas,
Viveriam das loucuras
De viver distante delas

Pedro Torres

Um comentário:

  1. Seríamos chamados de loucos do amor
    Não teria jogos ou pé no chão
    Abraços em versos..beijos em prosa
    E muitas, muitas cartas de saudades.

    ResponderExcluir

Direito à Réplica Poética...