quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Teu abraço é tão quente e apertado Se eu pudesse nunca mais te soltaria

Aí a poetisa Dayane Rocha deu o mote e eu fiz

Nós passamos um tempo sem se ver
Que a saudade no peito acumulava
E quanto mais tu de mim se afastava
Mais crescia a vontade de te ter
Pros meus braços de novo te envolver
Tanto que, chega a lágrima descia
E quanto mais te apertava tu dizia
Que apertasse com força e demorado
"Teu abraço é tão quente e apertado
Se eu pudesse nunca mais te soltaria"
Teu abraço é tão quente e apertado
Se eu pudesse nunca mais te soltaria

Pedro Torres
Mote: Dayane Rocha
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...