domingo, 30 de dezembro de 2012

Quando mais eu estudo as mulheres Muito mais eu entendo os animais

Meus olhos brilharam junto aos teus
Já não brilham não sei por qual motivo
O meu peito do teu inda é cativo
Eu pergunto porque será meus Deus
Que teus braços não stão mais juntos aos meus
E não queres abraçar-me nunca mais
Se não vais mais dividir teus ais
Antes de estrafegarmos as puderes
Quando mais eu conheço das mulheres
Muito mais eu entendo os animais

Pedro Torres
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...