sábado, 8 de dezembro de 2012

Orquídea

Alimentava uma orquídea
Que por desvelo murchou
No quintal da esperança
Onde o poeta plantou
Por faltar cuidado certo
Da raiz fez-se deserto
Morreu de sede e secou

Pedro Torres
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...