domingo, 30 de dezembro de 2012

O destino com suas linhas tortas Fez um dia a gente se esbarrar.

No mote da poetisa Dayane Rocha eu fiz:

Não foi rota traçada pra história
Coração quando quer ninguém domina
Que distância entre nós virou rotina
Mas, não muda a nossa trajetória
Já não vejo nenhuma escapatória
Pro teu beijo eu nunca mais provar
E num abraço apertado afogar
A saudade que abriu suas comportas
O destino com suas linhas tortas
Fez um dia a gente se esbarrar.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...