terça-feira, 11 de dezembro de 2012

E quando o mundo diz não Deus me carrega nos braços

No mote da poetisa Dayane Rocha eu disse:

Quando a vida esbraveja
Tornando mais dura a lida
Pela estrada comprida
Sigo firme na peleja
A brisa morna bafeja
Com seus mornos mormaços
Não titubeiam meus passos
Nem eu mudo de direção
Pois, quando o mundo diz não
Deus me carrega nos braços

Logo chega aos meus ouvidos
A sua voz macia e lenta
Como se fosse a tormenta
No lago dos meus sentidos
Com mil carinhos tecidos
Reforçando os nossos laços
Corro pros seus abraços
E aqueço o meu coração
E quando o mundo diz não
Deus me carrega nos braços

Assim eu vou caminhando
Com toda fé no caminhar
Sem muita pressa de chegar
Vendo a estrada encurtando
Escuto você chamando
Declamando os nossos traços
Fico mirando os espaços
Pra caber tamanha emoção
Pois, quando o mundo diz não
Deus me carrega nos braços

Pedro Torres
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...