quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Dores desiguais

Se são dores desiguais
E senti mais que sentiste
Eu bem sei que tu mentiste
Ao dizer-me: 'eu amo mais'...
Tu confundiste os sinais
Pelo calor da emoção
Que queimadura de paixão
Dói mais, mas, logo passa
Pois, fogo que tem fumaça
Tem mais fácil combustão

Pedro Torres

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...