quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Um beijo de amor

É um beijo de amor
Esse beijo que tens
Quem sabe tu vens
Como fora beija-flor
Beijar-me sem pudor
Alimentar-se assim
Parecido com jasmim
No sabor e na essência
E fosse a tua existência
Alimentar-se de mim.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...