sábado, 17 de novembro de 2012

Na história bonita de nós dois Assassinamos num abraço a saudade.

Passamos por um tempo complicado
Enfrentando barreiras da distância
Mas a fé inabalável na constância
Fez pra nós o querer multiplicado
Um amor, sendo assim, determinado
Faz a gente superar dificuldade
Pra viver uma história de verdade
E amar toda a vida e até depois
Na história bonita de nós dois
Assassinamos num abraço a saudade.

Pedro Torres
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...