segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Minha flor de primavera

Meu amor atravessou eras
Cruzou mares e oceanos
Encantou-se dos encantos.
No apogeu das esperas
Venturosas primaveras
Na ilusão desses planos
Viviam de desenganos.
A madrugada surgiu
E uma flor se abriu
Na primavera dos anos

Pedro Torres
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...