sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Eu traguei o cigarro da saudade expelindo fumaça de amor

No mote envenenado da poetisa Mariana Véras eu disse:

Na medicina está comprovado
Quem fuma de um mal padece
Do que passou se esquece
Se esquece até do passado
Então lhe deixo um recado
Pra você não sentir dor
Faça seja lá o que for
Mas, faça com toda a vontade
Eu traguei o cigarro da saudade
Expelindo fumaça de amor

Pedro Torres

Um comentário:

  1. gostei! veja meu blog http://brisaebreja.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Direito à Réplica Poética...