terça-feira, 6 de novembro de 2012

Esperando...

Tua rima tão perfeita e tão bonita
É o remédio pra matar minha saudade
Se eu não morrer antes da ansiedade
Sem tua rima minha alma chega grita

E meu querer se agiganta e se agita
Quando a tua rima o meu peito invade
O meu verso já não fica sem metade
A minha alma já não fica mais aflita

Tua existência a minha só completa
Contigo eu me sinto mais poeta
Como se parte de mim quisesse ir

Meu pensamento fosse em direção a lua
Minha vontade se encontrasse com a tua
Como se chegasses pra nunca mais partir

Pedro Torres
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...