sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Iluminar

Quero um mundo inteirinho teu...
Que me rouba a paz, a calma,
A paciência, os olhares, e todo meu ar.
No silêncio que antecede o beijo...
Sentir o calor e o teu desejo,
Ouvir o som, aquilo bom, e te abraçar.

Decorar o teu olhar e a tua fala,
Os teus gestos, e de nada mais lembrar...
Perder o tino e, em desatino, sentir-se à toa
Dar as mãos, viajar bem longe, ficar numa boa.
Rir dos ciúmes, dos cheiros, dos perfumes e de tanto pudor;
Amar sem queixumes, contar vaga-lumes e morrer de amor.

Pedro Torres
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...