quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Um carrinho de brinquedo...

"Um carrinho de brinquedo
O meu pai fez e me deu
As rodas eram de tábua
Porque não tinha pneu
O volante era um cordão
E o motorista era eu.

Poeta Chico Sobrinho, verso enviado por Felisardo Moura Nunes
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...