quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Lourival Batista II

Eu já não suporto mais
Do tempo tantas revoltas
Prazer, por que não me prendes?
Mágoa, por que não me soltas?
Presente, por que não foges?
Passado, por que não voltas?

Lourival Batista
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...