sábado, 11 de julho de 2009

Libertas

Rabisquei poemas inteiros
Relato de pícaros sonhos
De intricados versos nossos

No céu negro estrelado
Do meu noturno vida
Esboço da linda estrela

De um sol introvertido
Trás da Terra abrigado
Prover de luz à orbe lunar

"Um estupendo estampido"
De brados silenciosos
Deserdados no motim

Roupa hilária de migalhas
Do vestido que fenecia
Da pátria que lhe paria

E do sujeito constrangido
"Às margens do Ipiranga",
Excessivamente plácidas...

Enfado de mochilas vagas
Da morena em mel e cio,
As picadas do guerrilheiro

Alvitres do verdadeiro
Anti-herói sanguinário
Da Poesia libertária

Ideia depois consagrada
Hirtos de ardor maior
Do trovador brasileiro

Pedro Torres
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...