domingo, 14 de junho de 2009

Flores

Antes, quero flores no teu caminho, os espinhos que aparecerem, piso-os todos firme, satisfeito, e alegremente; E sangrarei todo o sangue que preciso for, por sangrar contente.
E sim, há pedras no caminho, elas são maravilhosas, com elas, construímos nossas melhores fortalezas; sobre elas, observamos os melhores horizontes, os planos e os largos; sob elas, nos abrigamos das piores tempestades, nas mais lindas cavernas calcárias.

Forza oggi e siempre!

Pedro Torres
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...