segunda-feira, 11 de maio de 2009

Poesia para o dia das mães, de Manoel Chudú...

Minha mãe que me deu papa
Me deu doce, me deu bolo
Mãe que me deu consolo
Leite fervido e garapa
Mamãe me deu um tapa
E depois se arrependeu
Beijou aonde bateu
Acabou a inchação
'Quem perde a mãe tem razão
De chorar o quer perdeu'

de Manoel Chudú
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direito à Réplica Poética...